quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Ageplay

Ageplay ou jogo de idade é uma forma de prática em que um indivíduo age e / ou trata mais, como se fossem uma idade diferente. A prática pode ser regressivo, em que o objetivo é a re-experiência da infância, ou sexual, recriando um relacionamento sexual com pessoas do fingir e / ou verdadeiras idades. Geralmente isso pode envolver alguém fingindo ser mais jovem do que realmente são, mas mais raramente pode envolver assumindo um papel mais velho.
Ageplay pode ser sexual ou não sexual. Ele pode ser ligeiramente sexual, ou muito sexual.
Ageplay pode melhorar a dinâmica de poder e permitir que um parceiro para se sentir mais confortável com o seu domínio ou submissão. 
Ageplay é um jogo entre os adultos, e envolve o consentimento de todas as partes. Retratando qualquer idade pode ser o objetivo de ageplay, desde bebês até  idosos .
Ageplay é realizada por aqueles que estão conscientes e têm formado uma ligação reforçada positivamente com a criança interior parte de sua psique .
Variações sexuais podem incluir, entre outras brincadeiras coisas incesto, em que os indivíduos recriar e sexualizar papéis dentro de uma família,e fetichismo menina do papai, em que as diferenças de idade reais ou imaginárias são a base da interpretação e do feminino é retratado como o parceiro mais jovem .
Ageplay não é considerado para ser relacionado a pedofilia por psicólogos profissionais.
Ageplay Sexual não envolve a atração sexual biologicamente para pessoas menores de idade. Em vez disso, quando um adulto consentindo assume a mentalidade de uma pessoa jovem, ele é motivado por voltar a experimentar estados emocionais e interações sociais da mocidade . 
Uma forma específica de ageplay sexual pode envolver infantilismo parafílico , onde a pessoa é despertada pela interpretação como ou com uma pessoa que age como um bebê . 

Também poderá a ser agradável em um contexto sexual para os participantes. Por exemplo, interpretando um "professor / aluno", "pai / filha", ou "médico / paciente" é o tema, durante a atividade sexual, pode ser comum em ageplay sexual .
Fonte :Wikipedia

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Balanço - 2013

Balanço de final de ano
       2013 , um ano de poucas realizações e muitas mudanças... um ano que não pode ser definido como bom , ruim , nem indiferente . 
Olhando para trás , vejo que este foi um ano difícil , significativo e reestruturações para o meu eu submissa .
       2013 foi um ano começou bem treze no que se refere à superstição , ele poderia facilmente ser definido como negativo , afinal , ele inciou em meio aos escombros de uma estrutura que era considerada sólida , mas que desmoronou como um castelo de areia , e não mais se reergueu . 
A Alice aqui caiu num abismo no ano anterior e passou grande parte deste ano tentando sair dele .
      Meu carnaval foi de pierrete  , na Páscoa a coelhinha aqui não saltitou ,  em Junho as velinhas foram apagadas sem um pedido especial ser feito . Agosto , que já é um mês de muito pouco gosto , foi ainda mais insosso . Veio Setembro , mas minha Primavera não floriu . Em Outubro a criança em mim continuou chupando dedo . 
      Visto assim , este parece ter sido um péssimo ano , mas não ! De forma alguma posso considerá-lo como negativo ou improdutivo , mas difícil , sim , muito difícil !
A ausência de realizações me trouxe  uma boa reestruturação . 
Cresce-se muito nas dificuldades , e crescer através de si mesmo é bem diferente de crescer pelas mãos de alguém .
     Cada fase e cada momento , cada atitude e cada decisão , cada pessoa que entrou ou saiu , que permaneceu e que retornou à minha vida , tudo e todos tiveram sua importância e fizeram  parte dessa reestruturação . Nem mesmo os passos , aparentemente , mal dados foram motivos de  arrependimentos , pois , a seu modo , eles acabaram surtindo efeitos positivos .  
       Quanto menos se tem , maior precisa ser a luta por conquistas , e quanto maior a dificuldade , maior o valor dessas conquistas !
       Quando veio Novembro , as nuvens começaram a se dissipar até o céu finalmente se abrir ! 
E em Dezembro...HO HO HO HO , Papai Noel chegou !!! E chegou trazendo um presente do qual me considero merecedora . Quase duvidei que Ele viria ainda este ano rs ! 
Mas não foi Papai Noel quem salvou o ano...não havia o que ser salvo , mas sim , muito a ser vivenciado , experimentado e até mesmo devorado !  
      Valeu a pena ter sido uma boa menina , ainda que para mim mesma...valeu a pena ter me mantido fiel a meus princípios , crenças , valores e desejos...valeu a pena ter enlouquecido ainda que no limite da sanidade...valeu a pena errar , reconhecer e corrigir...valeu a pena chorar e sorrir , ganhar e perder ...valeu a pena não ter desistido de mim .
      Enfim , 2013 foi difícil , entretanto , é recompensador encerrá-lo tão positiva e prazerosamente quanto está sendo .
E que venha um 2014 de muitas e novas realizações ! 


luara .

Presentes de Natal



Marcas da entrega - Satisfação de ter desenhado na pele o prazer entregue e recebido ...Realização , superação e desejo .

luara

sábado, 14 de dezembro de 2013

Rebeca - Néctar da Flor

Nesse exato momento sinto a apalpada do seu tesão na minha vida.
Sua existência abraçou minha loucura e sua mão boba alisou o peito do meu coração feliz . Nossas certezas se entrelaçaram e se entregaram maliciosamente, deixando um desejo puro sentir todas as gozadas nos momentos sublimes.
Minha imaginação nunca se sentiu encabulada com suas confissões ao pé do ouvido.
 Sempre reagiu deixando escorrer carícias sentidas e sussurradas, nas coxas de um sentimento violentamente encantador.
 Dentadas de saudade deixam marcas no meu corpo e nesse momento fica difícil resistir a pressão. Minhas mãos trêmulas baixam e começo a desabotoar nossas lembranças, quase em câmera lenta. Vejo nosso amor inteirinho colado um no outro, chupando nossas felicidades paridas, lambendo nossas certezas que de tão estimuladas vivem arrepiadas, tremendo dos pés à cabeça de tanto preenchimento na hora do nosso encaixe perfeito.
Depois, meu amor, deito meu rosto no peito da sua taquicardia...
... só pra você cheirar todos os meus delírios com suas delícias.
(Rebeca - Néctar da Flor)




domingo, 8 de dezembro de 2013

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A Dama do lotação

 
A Dama do Lotação
Compartilhando um filme que assisti há muito tempo e acredito que muitos dos não tão jovens já o tenham assistido também . Assisti , na época , com olhos bem inocentes , superficiais , desinteressados mesmo .
Como há uma "Dama do Lotação" em mim , voltei a assisti-lo recentemente , dessa vez com um olhar nada inocente e mais observador .
O filme em si não é grande coisa , é focado mais na nudez ,n as encochadas nos ônibus e cenas de sexo , fora isso , ele aborda os desentendimentos com os desejos sexuais vivenciados pelo casal . O filme é antigo , cheio de tabus muito comuns àquela época ,eles ficam evidentes nos diálogos da protagonista com seu analista e entre seu esposo com o pai .
Ironicamente , a dama do lotação satisfaz seus desejos sexuais em todos os cantos da Cidade Maravilhosa , menos no ônibus. Que desperdício rs ! Os cenários variavam de praia à cachoeira , de obra abandonada a cemitério , de motel a matagal , e o lotação servia apenas para ela capturar suas "vítimas".
Com exceção do cemitério , nada contra esses cenários , eu adoraria brincar por todos os cantos da cidade , mas não dispensaria o lotação por nada ! Porém , somente com o meu parceiro !
Embora tenha quem goste de praticar e também de receber , a famosa encochada é puro abuso , é violência sexual quando praticada de forma não consensual !
Segue a sinopse .
Sinopse
Carlos (Nuno Leal Maia) e Solange (Sônia Braga) se amam desde jovens e, após um casto namoro, se casaram. Na noite de núpcias, Solange se recusa a fazer amor com ele. Primeiro ele implora, então em um acesso de raiva a estupra. Solange afirma que o adora, mas nos meses que se seguiram ao casamento ela não pode ser tocada por Carlos. Para provar a si mesma que não é frígida, começa uma rotina diária de seduzir homens em coletivos, homens que ela nunca viu nem verá novamente e nem mesmo sabe seus nomes. Além disso, ela tem relações com o melhor amigo de Carlos e até mesmo com seu sogro (Jorge Dória). Enquanto isso, ela busca ajuda psiquiátrica, pois não sente nenhum remorso.
Informações:
A Dama do Lotação é um filme brasileiro de 1978 do gênero drama erótico, dirigido por Neville de Almeida em 1978. De uma história de Nélson Rodrigues. O filme é a quarta maior bilheteria da história do cinema brasileiro, com 6 508 182 espectadores. 
Data de lançamento: 1978 (Brasil)
Direção: Neville de Almeida
Duração: 90 minutos
Música composta por: Caetano Veloso
Roteiro: Nelson Rodrigues, Neville de Almeida
(Fonte: Wikipédia)



(Postado originalmente em : http://sentimentossubmissos.blogspot.com.br/ )

sábado, 21 de setembro de 2013

Seja feliz !

Meninas , já pra cozinha !!!
A receita de hoje é...felicidade !
Para prepará-la , precisaremos dos seguintes ingredientes :
-Muito amor
-Bastante carinho
-Altas doses de boa vontade
-Não pode faltar atenção
-Compreensão
-Paciência
-O ingrediente principal é querer ser feliz
-E temperos a gosto
Modo de preparo :
Junte esses , entre outros ingredientes que colaboram para a felicidade e tempere , depois convide quem você gosta e compartilhe de bons momentos com essa pessoa . E está pronta a receita , simples assim !

Rendimento :
O rendimento é sempre o suficiente pra te deixar de bem com a vida .
O truque é fazer da felicidade sempre o prato do dia . Ela pode ser saboreada como o prato principal , pode ser degustada como acompanhamento ou ser devorada como a melhor , a mais doce e leve das sobremesas que se tenha provado . E o melhor é que não engorda !
Benefícios :
Doses diárias de felicidades melhoram a circulação sanguínea , melhoram a auto estima , fazem bem pra pele , reforçam as defesas do organismo , contribuem para a perda de peso , enfim , fazem bem pro corpo , pra mente , pra alma e pro coração .
Vale abusar dessa bebida ...overdoses  são permitidas , embriagar-se também , de preferência mergulhando nela ...
Vale se afogar nela ? Bem , isso fica ao gosto de cada um ...morrer de felicidade é algo que ainda não experimentei , não literalmente rs ... de qualquer forma , o importante é ser feliz !
Adaptações :
Ta difícil tê-la como prato principal , não ta dando pra se lambuzar toda nela , a ração anda escassa ? É , isso acontece as vezes , nem sempre temos ingredientes suficientes para o preparo do prato , mas isso não é razão para tristeza !
A receita pode ser adaptada ... vá até a despensa , escolha os ingredientes que mais gosta e faça o melhor que puder com o eles , depois procure dentro de si o que houver de felicidade e salpique sobre o prato que preparou e pronto ! Essa não é uma refeição completa e nem tão saborosa quanto a original , porém , ela  fornecerá alguma energia até que venha o prato principal .

Na natureza os animais costumam fazer reserva de alimento , eles comem além do necessário porque não sabem quando terão outra refeição .
Então , quando aquilo que faz feliz surgir na sua frente , não pense duas vezes , pule em cima , caia de boca , empanturre-se sem pensar em nada , apenas devore o momento !!

Dica :
Não esqueça de dar seu toque pessoal ao prato , isso faz toda diferença .Varie os ingredientes , experimente novos temperos ,  crie novos sabores , ouse nas combinações sem medo de errar, o interessante é tentar algo novo sempre !
E o mais importante ; não cozinhe a felicidade em banho-maria , esse processo pode fazer com que ela desande , tornando o prato pouco consistente e nada saboroso .
Considerações finais :
Felicidade é momento , é estado de espírito , é fazer o que gosta , é estar onde e com quem se gosta, é estar bem consigo mesmo...é se entregar à vida e aos seus prazeres...é um pouco de tudo , mas é , principalmente se permitir ser feliz .
O segredo da felicidade é o modo como cada um se relaciona com ela e com o que o cerca .
Ser feliz depende mais de cada um de que dos outros , mas , como não vivemos numa bolha , somos afetados pelo que nos cerca de alguma forma .
Assim como a felicidade , a tristeza também pode ser contagiante , mas , ela afeta mais a quem não sabe ser feliz , a quem se deixa abater facilmente pelas perdas e dificuldades da vida .
Ainda que não se viva em estado permanente de felicidade , é bem melhor estar cercado de pessoas alegres . Mas tem gosto pra tudo , e há quem se incomode com a felicidade alheia e prefira se alimentar da tristeza do próximo...ainda que a maioria de nós esteja sempre em busca de felicidade , nem todo mundo se permite ser feliz...
Bem , algumas das verdades da vida é que tudo é passageiro e que tudo tem seu preço , com a felicidade não é diferente , além de fugaz , ela tem seu preço e não é sempre que se está disposto a pagar por ela .
Qual seria o preço a ser pago pela felicidade ? Seria a cobrança , o julgamento , o medo de perdê-la ? Será que deveríamos mantê-la dobradinha enfiada numa gaveta para que ninguém a veja e não tente tirá-la ?
Eu não conseguiria sair e deixar minha felicidade trancada em casa , assim como todas as minhas emoções e sentimentos , ela me acompanha por aonde quer que eu vá . E não se trata de sair gritando aos sete ventos ; 'estou feliz , estou feliz !!' Afinal , se tenho tesão , ele me acompanha , mas , nem por isso preciso gritar pro mundo que me encontro nesse estado , (se bem que às vezes dá vontade de gritar , sim rs) não precisa dizer , basta deixar fluir e compartilhar com os seus .
Eu quero mais é ser feliz e trazer sempre a felicidade estampada no brilho dos meus olhos !
Fixar-se mais nos benefícios e menos nos custos é uma saída .
Felicidade contagia , seja feliz !!!!
luara .

Postagem importada de: http://sentimentossubmissos.blogspot.com.br

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Kahlil Gibran


"Sinto-me como uma semente no meio do inverno, sabendo que a primavera se aproxima. O broto romperá a casca e a vida que ainda dorme em mim haverá de subir para a superfície, quando for chamada. O silêncio é doloroso, mas é no silêncio que as coisas tomam forma, e existe momentos em nossas vidas que tudo que devemos fazer é esperar. Dentro de cada um, no mais profundo no ser, está uma força que vê e escuta aquilo que não podemos ainda perceber. Tudo o que somos hoje nasceu daquele silêncio de ontem. Somos muito mais capazes do que pensamos. Há momentos em que a única maneira de aprender é não tomar qualquer iniciativa, não fazer nada. Porque, mesmo nos momentos de total inação, esta nossa parte secreta está trabalhando e aprendendo. Quando o conhecimento oculto na alma se manifesta, ficamos surpresos conosco mesmos, e nossos pensamentos de inverno se transformam em flores, que cantam canções nunca antes sonhadas. A vida sempre nos dará mais do que achamos que merecemos".
(Kahlil Gibran)

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Chamando assim , como não atender ?

Ardeu dentro de mim num momento perfeito, o sentimento que tentei sucumbir por motivos meus, falhei, falha aceita por mim e adorada, nunca pensei falhar e gostar, foi querer esconder o desejo em mim que me congelou por um tempo, mostrou-me como era ser infiel a mim mesma, até que eu pudesse dançar sobre isso usando uma guirlanda de rosas vermelhas e aceitar o quanto sou estranha porém entregue . O resto, sempre será o resto.
(Nayara Lauren)


quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Mais uma razão para comemorar

No mês de Abril postei duas comemorações , o alcance dos mil acessos e a superação de uma fase difícil da qual eu estava saindo . Hoje , o blog está completando 10.000 acessos , e  volto a registrar o momento .
Esses números nada significam , eles partem de acessos aleatórios , geralmente de sites de pesquisa , ou de alguns desavisados que caem aqui por acaso rs...não há o que acompanhar aqui...na época comentei sobre isso ,disse que o blog estava sem conteúdo  , sem identidade , e ele continua assim ...a verdade é que não consegui me encontrar aqui , não me sinto totalmente em casa como me sentia na que deixei pra trás .
Ainda assim , ele muito especial pra mim e agradeço aos seguidores e a todos que o acessam , sem vocês ele não faria o menor sentido . Obrigada a todos !!
Então , os números são apenas ganchos usados para trazer uma questão maior , desta vez comemoro a possibilidade de uma entrega . Tendo superado minhas questões internas , tendo me reencontrado comigo e com a minha submissão , vejo que posso me entregar novamente e estou feliz por mais uma vez estar me deixando guiar por meus instintos e desejos de submissão , eles já me levaram à pessoa certa antes e sinto que não será diferente ...farejo coisas muito boas no ar...pronto , falei rs !
E que venha um Agosto de muito gosto , que venha um Setembro verdadeiramente primaveril e por em diante... que venha tudo de bom que eu tiver direito , que eu souber conquistar ou fizer por merecer .
Que venha tudo novo de novo !!
luara .


terça-feira, 6 de agosto de 2013

Atendendo ao chamado  !
 


Onde me tens !

Gosto que me enrosco !!

Palavras adiantam o nosso encontro que aguarda ansioso o brinde da felicidade. Copos transbordando frutos proibidos. Seu corpo, sua libido. Pintaria o mundo de vermelho e saborearia o encontro prazeroso de nossos corpos por todo o tempo permitido. São desejos desejosos dos desejos que tenho. Desencontros entre a realidade de agora e a lembrança de ontem, antes de ontem, dias anteriores e tudo mais .




quinta-feira, 25 de julho de 2013

Quando eu não conhecia o significado da palavra passional

  (Florisbella)
Quando eu não conhecia o significado da palavra passional, eu imaginava que ela poderia estar relacionada com a passividade. Piada, né? Antes eu não tivesse procurado seu significado e me encontrado na descrição.

O que eu posso dizer sobre a minha experiência passional de ser (bem no estilo almodoviana mesmo) ?
Começa com uma interrogação bem grande. Assumo mil formas de ser. Sou livre e prisioneira. O que me dá vida, também me mata. Acordo vazia hoje, extravaso amanhã. Sinto nojo e prazer. Meu coração acelera, tenho palpitações e sensações que parecem querer arrancá-lo do meu peito. Meu coração para, bate tão fraco que nem o sinto. Acho que ser passional é algo que se é vivido uma vez, se vive pra sempre. Vicia. As grandes emoções desenfreadas dos nossos sentimentos derivados da paixão, quando não estão sendo vividas, dão à sensação de que tudo é pouco, vazio, sem sentido. A prioridade do exagero é voltada sempre para o prazer, e quando este não é vivido, o vício de quem provou ser passional, volta o exagero para o sofrimento. Sentir é uma necessidade vital. Se não é possível viver o prazer desmedido, que viva o sofrimento desmedido. Meios sentimentos não são aceitos. Meia paixão não existe. Sinto com todas as minhas forças.

Até aí, tudo bem. Que os prazeres e os sofrimentos da paixão sejam vividos até a última gota. Pra mim essa é a maior prova de que estou viva. Se ser passional fosse só isso… mas não é.

A intensidade exagerada e apaixonada toma conta de todo o ser, ao ponto de torná-lo só sentimento. E o espaço reservado para a razão é invadido. O que deveria estar balanceado pela razão e a emoção, é dominado pela emoção, que guia todas as atitudes. Emotiva ao cubo. É praticamente um sentir imprevisível perambulando por aí. Refletir, repensar, analisar não antecede os atos. Antes a incerteza do ato apaixonado que a segurança do ato medido. Impulsividade assina embaixo. Serenidade? Controle ? Praticamente de um furacão. Limites ? Situações desastrosas e palavras da boca pra fora fazem parte. Raciocinar ? O que é isso ? Qualquer semelhança com a loucura não é coincidência.

Já ouvi dizer que ser passional é ser desequilibrada.

A razão não move o mundo, a paixão sim. Na corda bamba do meu viver desequilibrado e passional, eu me equilibro. Desequilibro. Sempre caio, levanto, me equilibro de novo. Ficar parada é morrer. Medir sentimento, evitar envolvimento, entregar só metade, tira todo o sentido do viver.

Ser passional é estar vulnerável a sofrer muito, mas torna tudo muito mais verdadeiro, sincero e autêntico. Tem que ter coragem.

E se não me levar para uma Tragédia Shakespeariana, tudo bem. Que a emoção apaixonada e passional me guie.
(Florisbella)

quarta-feira, 24 de julho de 2013

"Eu aprendi a não construir opinião nenhuma em relação àquilo que se sente. Sentir pra mim é algo tão intenso, mas ao mesmo tempo tão inexplicável que provavelmente eu nunca conseguirei elaborar definições. O máximo que eu consigo, pretendo e quero, é sentir. Nada mais.

"Eu, tão oculta de mim e tão desafiadora pra ser descoberta. Eu e as minhas defesas. Eu e os meus labirintos. Eu e as minhas charadas."
"Estou perdida em mim. Portas estão sendo fechadas. Abismos sendo abertos. Há um barulho infernal, gritante. E chove, chove muito. Consigo ver o porque dói tanto. Sou devoradora de mim mesma."
"E que eu nunca me torne uma pessoa rancorosa, com mágoas e sem sentimentos bons em mim. Que eu nunca faça outra pessoa sentir o que eu estou sentindo. Que eu continue forte. Que eu não me perca em mim. Amém."
"Falo daquilo que cresce dentro da gente sem limites, se tornando tão grande que nos dá a sensação de que a qualquer momento iremos explodir. Falo de algo que provoca sensações inexplicáveis em nós..."
(Textos de Florisbella)


Somos donos de nossos atos , mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos; Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo. (Mario Quintana)

Páginas