sábado, 23 de março de 2013

Apenas diferente


   
    Problemas , problemas e mais problemas ...
Quanto mais se corre deles, mais problemas se atrai ...
Quanto mais paciência se tem , mais se tenta acabar com ela ...
Quanto mais se ignora a alguém , mais se aflora o narcisismo ...
Quanto mais se tem nas mãos , mais se joga fora ...
Quanto mais se caminha pra frente , mais se tenta puxar para trás ...
 E quanto mais tento entender  o porquê de agir assim , mais longe desse entendimento eu fico .
     Deve haver em mim uma força , que eu mesma não vejo , mas que certos olhos parecem vê-la grandiosa  . O que esses olhos parecem não perceber é que esta subzinha aqui , cheia de defeitos , não é mais forte , não é melhor , mas é muito diferente do que eles já viram .
Mas não os culpo , afinal , não se pode ver além , quando se permanece de frente para o espelho .
luara .




5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Linda Luara,
    Desejo que seus problemas como que por encanto desapareçam e que seu caminho volte a ser só de paz...
    Beijos carinhosos.

    ResponderExcluir
  3. passei para te deixar uma beijoca... e claro... ler os teus últimos posts... beijos

    ResponderExcluir
  4. Lucy , eu queria mesmo que eles desaparecessem...
    Mas já que não posso resolver todos os problemas , o melhor a fazer , nesse caso específico ,é dar-lhes menos atenção e seguir em frente , porque eles só me puxam para trás .
    Quanto ao encanto e a paz , posso dizer que eles estão cada vez mais próximos de mim .
    Beijos e deliciosas exibições para você , querida .

    ResponderExcluir
  5. Xarmus , obrigada por vir prestigiar a esse meu humilde cantinho ... seja muito bem-vindo .
    Beijocas tbm a ti .

    ResponderExcluir

Somos donos de nossos atos , mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos; Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo. (Mario Quintana)

Páginas