quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Teu toque


Teu toque

Quanta vontade sinto do teu toque...
Do teu cheiro, do teu gosto...
Tuas mãos ao alcance das minhas...
Um entrelaçar de dedos...
O toque a face feliz, descendo pelo meu pescoço e na ânsia de chegar ao meu peito estremecem tuas mãos...
Sentino o perfume e embriagando-me de paixão, estou inerte aos teus desejos e vontades...
Tuas mãos que levando ao paraíso, me tirando do chão...
Em tuas mãos sentindo-me levitar, feito brisa suave...
O corpo ardendo em um prazer perturbador, um simples toque...
E estou entregue inteiramente a ti...
Um sussurrar de desejos expressos nos suaves toques de nossas mãos.
As minhas contornando teu peito, sobem a teus lábios e numa ausência completa de sentidos, dou-te meus dedos para que os beije...
Sentindo o calor de teus lábios úmidos e ardentes me tocarem e em volúpias constantes nos entregamos a este emaranho de emoções que começou com um simples toque de mãos...
Nossos corpos sucumbidos pelo amor, pelo desejo e pela vontade sonhada de loucas noites de amor, nos consomem em uma só.
Entregando-me a ti como se fosse minha primeira e ultima noite de amor...
Numa completa sanidade insana...
Sentindo-me inebriada pelo teu sabor...
Sabor este que estará tatuado em minha pele...
Como marca de um prazer avassalador em minha vida.
(Cristiane Ornelas)

2 comentários:

  1. Boa noite!
    Parabéns pelo blog...
    Eu venho procurando outros blogs para inspirar o meu próprio e para interagir com outras irmãs, porém há muitos blogs abandonados...
    Obrigada por manter esse cantinho!

    ResponderExcluir
  2. Olá , [maiko] de .LH !
    Seja muito bem-vinda ao meu cantinho .
    Sim , há muitos blogs desatualizados , eles estão caindo em desuso , mas adoro esse meu cantinho procuro manter atualizado , tanto esse quanto meu blog principal (http://sentimentossubmissos.blogspot.com/ ). Sinta-se à vontade para interagir la .
    Obrigada pela visita e pelo carinho do comentário .
    Beijos em ti .

    ResponderExcluir

Somos donos de nossos atos , mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos; Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo. (Mario Quintana)

Páginas