quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Chupa que é de uva !

Explorando os Sentidos - A Começar Pelo Paladar

Desde muito cedo, a boca é a primeira fonte de prazer  .   Daí para frente, o paladar fica cada vez mais apurado .
A língua é a base de todo o paladar e a boca é uma das partes mais sensíveis do corpo e mais versáteis .   Um beijo combina os três sentidos de tato, paladar e olfato .   Favorece o aparelho circulatório,  estimula a liberação de hormônios que causam bem-estar .    As terminações nervosas reagem ao estímulo erótico e promovem uma reação em cadeia.   Ao mesmo tempo, as células olfativas do nariz – mais próximas da boca – permitem tocar, cheirar e degustar o outro .
(Fonte : http://www.afh.bio.br/especial/paixao.asp)

E tudo começou na boca .


Já nascemos sabendo sugar e não paramos mais de usar a boca para diversos fins .
Manter a boca ocupada é uma tendência que nos acompanha desde de cedo , ela sempre busca por sabores e estímulos dos mais variados .
Dedos , tetas , chupetas e mamadeiras sempre na boca dos bebês . Pirulitos , balas e doces sempre na boca das crianças . Chicletes , cigarros , bebidas , outras línguas , genitais sempre ocupando a boca de adolescentes e adultos .
Não há uma só fase da vida em que não tratamos de ocupar a boca com algo prazeroso , seja comendo , chupando , lambendo , mascando , mordendo , ingerindo ,mas sempre nos satisfazendo de alguma forma através dela .
E a boca vai se tornando praticamente um órgão sexual ,  úmida , macia , quentinha , que dá e recebe prazer.
Boca , de reações das mais variadas , afoita , suave , faminta , sedenta , gulosa , voraz , tímida , receptiva , selvagem...tudo depende do momento , do tesão , dos estímulos , da experiência e do gosto do freguês.
Mudam-se os objetos , as partes do corpo e os objetivos , mas a boca está sempre tratando de se ocupar com algo .
Aquele inocente dedinho na boca ganha ares maliciosos , eróticos...deixam de frequentar a boca para explorar outra área , igualmente úmida , quente , faminta .
Em bocas maliciosas , simples alimentos tornam-se , indecentes , sexuais . Que mulher nunca encenou um boquete numa banana ?
Depois que o olhar se torna malicioso , cenouras , linguiças e tantos outros alimentos tornam-se altamente sugestivos .
A boca busca por sabores , explora os corpos dos amantes , sorve , devora e deleita-se com eles .
Fode-se a boca , fode-se com a boca , ela satisfaz e se satisfaz .
Um boquete inesperado faz a alegria qualquer homem .
A boca profere palavras meladas , obscenidades , sussurros e gemidos que soam como música para o ouvinte . E ela se abre desejosa , pede e agradece  recebendo o mel do prazer .
Se a mesa encontra-se a posta , farta , convidativa ... Não há porque se deter diante de tal banquete . Há sim  de lambuzar-se despudoradamente...de sucumbir ao apelos da carne , de pecar pela gula e luxúria...há de abocanhar o prazer com a avidez dos que não se contentam com migalhas  , dos que querem ir além do permitido e sorvem até a última gota de prazer .
Contudo que as bocas trabalham , divertem , lambuzam e saciam-se desde de sempre , nem todas são tão bem treinadas assim... nem todo mundo é tão bom de boca quanto pensa , poderia ou gostaria de ser . 
Daí a se ver tantas dicas de como fazer um boquete espetacular .
Admito que já li muitas delas e que pus algumas em prática . Mas não existe uma mamada perfeita .
Quem sabe como prefere ser mamado é o dono da rola . Nem as profundas conhecedoras de paus , picas , rolas , pintos e o caralho a quatro , tem uma técnica que seja perfeita para todos .  
Boquete bom é aquele em que ambos se divertem .
A arte da boa mamada tem alguns mandamentos considerados como sagrados por alguns .
Engolir até o talo , não desperdiçar uma só gota , olhar nos olhos do parceiro enquanto o chupa . 
Beleza , qualquer um consegue , deseja e pratica esses mandamentos  , certo ? Errado ! 
As coisas nem sempre são tão simples como dizem os manuais .
Por mais que os pornôs inspirem as mentes masculinas à cenas cinematográficas , cama não é set de filmagens e atrizes combinam bem é com a atores .   
Não somos dotados de todos os talentos ditos essenciais . Além disso , poucas são as rolas merecedoras de desfrutar desses talentos .
Embora eu esteja longe de ser uma especialista no assunto , entendo que existem boquetes e boquetes , bocas e bocas , gostos e gostos , pessoas e pessoas .
Tem boquetes técnicos , outros espontâneos , gulosos , orientados...
Bom , cada um dá o nome que quer a seus boquetes , mas apenas seguindo o que dizem os manuais de como ser uma boqueteira mega bem-sucedida , não tem como não ser um boquete técnico . E assim não da !
  Mas as que são merecedoras , essas sim , devem ser lambuzadas e fartadas com o prazer completo .
Praticar o olho no olho é bom ! Mas só enquanto for possível . O manual se perde a medida que o tesão aparece e cresce .
Daí a não viajar pro meu mundinho de prazer é impossível .
Chupar , lamber , ingerir !
De repente , no auge da mamada , vem aquele jato de porra de encher a boca...
Engolir ou não engolir , eis a questão !
 Essa pode não ser apenas questão de opção ou preferência , nem de frescurinha , nojinho , rejeição ou recusa ,  pode ser também uma limitação da pessoa . A porra bate e volta , recusando-se a descer  .
Chupar , chupar , chupar !
Mamar é bom , muita gente gosta e o faz pelo mais puro prazer  . Prazer seu , do parceiro , do casal . 
Gemer de boca cheia é uma delícia e , podendo desligar de tudo pra apenas cair de boca na rola rija , dá pra se acabar de prazer e ir além , muito além !
Mas , sinceramente , a mamada é ainda melhor pra quem a recebe . E seguir o manual , as regras , diretrizes ou mandamentos ,  é torná-la boa apenas para um .



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos donos de nossos atos , mas não donos de nossos sentimentos; Somos culpados pelo que fazemos, mas não somos culpados pelo que sentimos; Podemos prometer atos, mas não podemos prometer sentimentos... Atos são pássaros engaiolados, sentimentos são pássaros em vôo. (Mario Quintana)

Páginas